Menu Fechar

Maioria dos doentes com DII tem medo que a medicação aumente o risco de contrair a COVID-19

Já foram publicados os resultados do questionário lançado pela European Federation of Crohn’s & Ulcerative Colitis Associations (EFCCA), cujo objetivo passava por analisar as preocupações, os receios e o tratamento dos doentes com doença inflamatória intestinal (DII) durante a atual situação de emergência sanitária resultante da COVID-19.
Mais de 3815 participantes de vários países, incluindo Portugal, participaram neste questionário. O sumário dos resultados, em português, pode ser consultado aqui: DII e COVID19

Fonte: http://www.efcca.org/en/results-covid-19-ibd-patients-perception